Pastor transforma gasolina em suco para provar sua fé

Suposto milagre gera polêmica na África do Sul
Pastor transforma gasolina em suco para provar sua féPastor transforma gasolina em suco para provar sua fé
Desde 2002, o pastor Lesego Daniel é líder do Ministério Centro Raboni, em Garankuwa, ao norte de Pretória, a capital executiva da África do Sul. Suas mensagens polêmicas têm atraído críticas de milhares de pessoas, embora os membros testemunhem muitos milagres nos cultos.
No início do ano, ficou mundialmente conhecido por ensinar os fiéis de sua congregação a comer grama por que, desta maneira, poderiam estar “mais perto de Deus”. Muitos membros da congregação acabaram passando mal ao passo que alguns alegavam terem sido curados após terem feito isso.
No final do mês passado, o vídeo de um dos “milagres” realizados num culto de domingo começou a circular na internet. Ao pregar sobre o poder da fé, um dos pastores associados do ministério de Daniel pega uma garrafa contendo gasolina e joga um pouco do líquido em uma bacia. Depois, acende um fósforo e prova diante da congregação que é, de fato, um líquido inflamável.
Ato contínuo, afirma que pela sua fé, o conteúdo da garrafa se transformaria em suco de abacaxi. O pastor bebe um pouco e parece se engasgar, mas testifica que é realmente suco. O processo todo ocupa os primeiros 7 minutos do material. O pastor de colete que aparece no início é Lesego, que nos primeiros minutos do vídeo lança o desafio para que as pessoas exercitem sua fé.
O vídeo teve mais de 150 mil visualizações. No início traz o seguinte aviso “o nível de unção não é o mesmo. Se você não consegue transformar água em vinho, não tente fazer isso”. Quando as pessoas da congregação pedem para provar o suco “milagroso”, várias delas ouvem do pregador que o líquido poderia garantir “bênçãos”.
O discurso do pastor após as pessoas terem tomado a gasolina transformada em suco é que esse era algo profético, que estava disponível apenas para aqueles que realmente criam. Comparou à passagem bíblica de Apocalipse capítulo 10, quando o profeta recebe um livrinho de Deus que na boca era “doce como mel”, mas chegava amargo ao seu ventre.
O material foi amplamente divulgado na África do Sul e, como era esperado, gerou muitos comentários maldosos e questionamentos sobre o sentido de tal milagre. Com informações de The Citizen
Assista:
Com Informações Gospel Prime

Comentários