Após assaltos, comerciante solda porta de loja diariamente

 

Proprietário de buffet na zona sul da cidade foi assaltado 2 vezes neste ano.
Região teve aumento de 18% no número de furtos em janeiro e fevereiro.


Após assaltos, comerciante em São José solda portas de loja diariamente (Foto: Reprodução/ TV Vanguarda)
Portas da loja na zona sul são soldadas
diariamente (Foto: Reprodução/ TV Vanguarda)
Assustado com a onda de assaltos na zona sul de São José dos Campos, no interior de São Paulo, o proprietário de um buffet no Bosque dos Ipês tem soldado as portas do seu estabelecimento diariamente para tentar impedir a ação de criminosos. A região teve aumento de 18% no número de furtos nos meses de janeiro e feveiro deste ano, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública.
Trocar cadeados pela solda foi a alternativa mais segura encontrada há cerca de uma semana por Marco Aurélio Monteiro, de 44 anos, proprietário do buffet para evitar os furtos. O local foi assaltado duas vezes, somente neste ano. “Arrombaram minha porta de madrugada uma vez e depois assaltaram a loja de dia, comigo e todos os meus funcionários trabalhando”, conta.

De acordo com Monteiro, a falta de segurança no local tem deixado moradores e comerciantes com medo. “Está sem condições de morar aqui. Nunca vi o bairro tão perigoso e à noite você não vê policiamento aqui depois das 18h”, afirma ele, que trabalha no local há 13 anos.

Como o empresário também é dono de serralheria, ele aproveitou os próprios equipamentos para realizar a solda diariamente no fim da tarde e desfazê-la pela manhã. “Soldar foi a forma que encontrei para impedir que arrombem a loja. Não tenho gasto, mas é inconveniente fazer isso todo dia”. O processo de soldagem é repetido por Monteiro todos os dias desde a semana passada.

Roubos
De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública, o número de furtos na zona sul de São José dos Campos aumentou 18% nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, comparado com o mesmo período do ano passado. No total, foram registradas 193 ocorrências na região.

Para o tenete da Polícia Militar Luciano Tirelli, é necessário apoio da população para o trabalho da polícia. "É importante que sempre que houver qualquer ocorrência, a população notifique e registre, para que a partir deste documento, possamos planejar melhor o policiamento", afirmou
FONTE G1.