Ministério Eficiente atende pessoas com deficiências


Além de acompanhar portadores de deficiência, o ministério também treina quem tem interesse em trabalhar com este público
por Leiliane Roberta Lopes

Ministério Eficiente atende pessoas com deficiênciasMinistério Eficiente atende pessoas com deficiências
A Primeira Igreja Batista de Curitiba tem trabalhado com pessoas com deficiência física e intelectual através do Ministério Eficiente. A proposta desse ministério surgiu em 1984 com a conversão de um surdo que começou a frequentar a igreja.
A participação desse novo membro fez com que a igreja desenvolvesse um dos ministérios com surdos mais antigos do país, ajudando a criar sinais bíblicos que são usados em todo o Brasil e também em alguns lugares da África.
Hoje o Ministério Eficiente realiza outros projetos com deficientes visuais através de congressos, retiros e atividades esportivas. Deficientes físicos e intelectuais também possuem atividades na igreja e seus familiares recebem apoio dos membros do ministério.
“O Brasil é considerado um país com elevado índice de pessoas com deficiência. São cerca de 40 milhões de pessoas e a grande maioria não conhece o Senhor Jesus. Nosso sonho é alcançar este povo que está esquecido e motivar outras igrejas a desenvolverem um trabalho com pessoas com deficiência”, disse Adoniran Melo, líder do Eficiente.
Para ele o maior desafio das igrejas é a falta de estrutura para quem tem problemas físicos. Fora isso é preciso estruturar um ministério com profissionais que saibam tratar com cada tipo de deficiência.
“Quando começamos não tínhamos profissionais dedicados a estudar as deficiências, hoje temos, mas no inicio as pessoas tinham mais vontade em ajudar do que conhecimento técnico.”
Para ajudar as denominações que querem conversar com este público, o Ministério Eficiente oferece cursos de treinamentos para igrejas, mas quem quer iniciar ministérios o ideal é visitar associações ou até mesmo verificar entre os filhos dos membros se há pessoas com deficiências.
“A maioria dos membros de nosso ministério são filhos de membros de nossa igreja que antes ficavam escondidos em casa por que não oferecíamos nenhum serviço de apoio cristão a eles”, diz Adoniran.
“Temos aprendido que a pessoa com deficiência se identifica com outra pessoa com deficiência, então o melhor missionário para o surdo é outro surdos, para o deficiente visual é outro deficiente visual e assim por diante. Acredito que só sou aceito por eles por que minha avó era deficiente visual, aprendi libras com meu primo surdo e depois aperfeiçoei em cursos. Eu mesmo tenho uma atrofia nos pés, senão seria mais difícil, imagino eu”, afirma.
O Ministério Eficiente tem uma página no Facebook para divulgar seu trabalho, quem tem interesse em trabalhar com este público, ou tenha parentes e amigos com deficiência, pode procurá-los pelo. Visitewww.facebook.com/groups/186379034891018/.

fonte Gospel Prime