Ativistas colocam crianças em gaiola em protesto contra o Estado Islâmico

As crianças pediam o fim das mortes brutais feitas pelo grupo terrorista
Ativistas colocam crianças em gaiola em protesto contra o Estado IslâmicoAtivistas colocam crianças em gaiola em protesto contra o EI
Ativistas resolveram protestar contra os ataques jihadistas na Síria colocando crianças dentro de uma grande gaiola. Os pequenos, alguns deles com apenas três anos, estavam vestidos de laranja, cor do macacão usado pelos reféns dos terroristas do Estado Islâmico.
O protesto aconteceu em Damasco, capital da Síria, e algumas das crianças estavam com cartazes pedindo para que a violência acabe. Em um dos cartazes era possível ler “pare a matança das crianças”.
As imagens desse protesto foram divulgadas na segunda-feira (16) e foram bastante criticadas. Algumas pessoas chegaram a dizer que este é o protesto mais doentio de todos, por prender crianças, outros elogiavam por mostrar que os pequenos também são alvos dos terroristas que também vendem crianças como escravas sexuais.
Crianças contra EI
A grande gaiola é uma referência ao atentado contra o piloto jordaniano Muath al Kasaesbeh que foi queimado vivo pelos extremistas. As imagens desse assassinato brutal contra o piloto chocaram o mundo. Com informações R7

Comentários