CBF ofereceu R$ 4 milhões para a Lusa jogar a Série B, diz TV


O valor seria referente a um adiantamento de cota pela participação do clube no campeonato
Lusa Protesta
Lusa Protesta
Foto: Divulgação
A CBF ofereceu R$ 4 milhões para a Portuguesa jogar a Série B de 2014, informou na noite de domingo (19) a ESPN Brasil. O valor seria referente a um adiantamento de cota pela participação do clube no campeonato. A proposta da CBF foi feita para que a Lusa desista de levar o caso a mais esferas tanto na Justiça desportiva quanto na comum. A ESPN Brasil mostrou um documento recebido pela diretoria da Lusa no qual constam seis cláusulas, que sugerem que o clube aceite o acordo e desista da Série A.
A grande preocupação da entidade, ainda mais em ano de Copa do Mundo cheia de atrasos e notícias ruins, é deixar a questão fora da Justiça comum, principalmente. A Fifa proíbe que questões esportivas sejam resolvidas por meio de ações civis, e a CBF teme ser punida de alguma maneira pela Fifa.
Recentemente, torcedores da Portuguesa entraram com ações e ganharam o direito de o clube disputar a Série A em 2014. A questão ainda está longe de ser resolvida.
A Lusa terminou o Brasileirão de 2013 na 12ª colocação, longe da zona do rebaixamento. Após o término dacompetição, o clube foi punido pelo STJD com a perda de 4 pontos pela escalação irregular do meia Héverton. O beneficiado foi o Fluminense, que havia caído em campo mas voltou à Série A nos tribunais.
Segundo a ESPN Brasil, a diretoria da Lusa pensa em recusar a proposta da CBF e continuar a briga para disputar a Série A.
E você? Se você fosse diretor da Lusa, aceitaria esses R$ 4 milhões da CBF? Ou continuaria a briga e assumiria os riscos de virar ‘inimigo’ da entidade que organiza o futebol no Brasil?
FONTE: r7