A sede da Corça

Como a corça anseia por água, assim tenho Sede!

“Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma.”
Salmos 42:1
Além do Salmo que fala sobre a sede da corça, ouço constantemente louvores que fazem esta comparação entre a sede da corça e a sede do espírito Santo, fiquei bastante curiosa em pesquisar sobre este animal e saber o que há de especial nele. Várias explicações eu encontrei e gostaria de compartilhar com vocês.
A corça é um animal de pequena estatura, da família dos cervídeos, como um animal desértico, a corça teria de ter uma reserva corporal de gordura para mantê – la viva em longos períodos sem água, mais isso não ocorre, o que acontece é que ela possui um olfato bastante apurado que lhe possibilita sentir cheiro de água a quilômetros de distância. É capaz ainda de perceber, metros abaixo da superfície, a existência de um lençol de água. Mesmo quando a corça encontra uma fonte, ribeiro, ou lençol de água ela não consegue se manter ali por um longo período de tempo e volta a migrar, e sentir sede novamente e tem de buscar outros lugares para matar a sua sede, e assim sucessivamente, alguns fazem a comparação dizendo que sendo como as corças devíamos ficar na fonte de água e não sair de lá nunca mais, só que sendo falhos sempre buscamos o mundo e temos de voltar a buscar a fonte, que é Cristo. Esse ponto de vista é bom, mas eu prefiro enxergar de outra maneira. Sendo nós como a corça, não devemos nos satisfazer no nosso comodismo, ou seja, encontrar um nível com Deus e mantêr-se ali para sempre, precisamos sair e buscar níveis mais profundos, muitas vezes nos acomodamos com “o nosso trabalho”, “o nosso ministério”, ou até mesmo “a nossa vida com Deus”, e pensamos que neste nível está bom, mas NÃO está, precisamos nos desesperar mais e mais pela presença de Deus, precisamos ir a lugares mais altos, ou a níveis de adoração que ainda não alcançamos.
Voltando a explicação sobre a corça, já sabemos que ela sempre têm sede porque nunca fica em um lugar estagnada, mesmo que neste lugar tenha o que ela precisa, que é a água. Por ela possuir o olfato apuradíssimo e sentir o cheiro de água a quilômetros de distância, e sempre estar sedenta por água, quando ela sente o cheiro da água ela não simplesmente anda até a fonte, quando a corça sente o cheiro de água ela se desespera e começa a gritar e a correr muito rápido, a sua pequena estatura aumenta a sua velocidade, e ela corre incansavelmente, pula através dos obstáculos e não descansa até chegar ao seu destino, e mesmo quando ela chega ainda sim não se acalma, ela bebe a água com tanta vontade, ela se molha, ela realmente se alegra de ter encontrado água e estar matando a sua sede, e muitas vezes a nossa alma ela fica seca e sedenta pelo espírito Santo e nós não o buscamos como a corça busca a água, nos não corremos desesperadamente ao encontro do nosso amado, e quando o encontramos não sabemos desfrutar daqueles preciosos e maravilhosos momentos que temos com o Espírito Santo, pois é meu irmão temos muito a aprender com este pequeno animalzinho.
Outro fato interessante sobre a corça é que quando ela está com sede, há algum tempo sem a água, ela exala um odor que faz com que os seus predadores a encontrem facilmente, e é justamente a água que tira este odor dela, ou seja a água é realmente tudo para a corça. Quantas vezes meu irmão, nós não nos afastamos de Deus e o nosso espírito começa a exalar um odor de pecado, que faz com que o inimigo nos encontre facilmente e nos leve cada vez para mais longe de Deus, nós realmente temos muitas semelhanças com a corça, porém ainda temos muito a aprender com ela, quando a corça está sem água tudo que ela busca é a água, e quando estamos longe do espírito Santo não buscamos tão incansavelmente assim, mesmo sabendo que longe dele iremos morrer, precisamos entender que a prioridade é Cristo e acabou, só o sangue do Cordeiro pode nos lavar do pecado e matar a nossa sede.
Que sejamos como a corça, que busquemos o espírito Santo desesperadamente, porque tudo pelo que anseia a nossa alma está Nele, se não o buscarmos iremos morrer, e precisamos cada dia mais, estar em níveis mais altos, nunca se contentar e achar que já está bom, sempre querer mais de Deus. Amém!
“E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.”
Jo 7:37,38

com informações de UM só Chamado