Total de visualizações

No mundo tereis aflições , EBD AUXILIO LIÇÃO 1 - 3º TRIMESTRE 2012


No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo


logo

Juízes 6:2 E, prevalecendo a mão dos midianitas sobre Israel, fizeram os filhos de Israel para si, por causa dos midianitas, as covas que estão nos montes, as cavernas e as fortificações.

Uma das características do nosso relacionamento com Deus é a proteção que recebemos de nosso marido. Uma das funções do marido é proteger sua esposa, dar guarida, sustentá-la em todas as áreas, as espirituais, emocionais e naturais. Quando a esposa se aparta do marido, nosso Deus, ela acaba procurando o sustento para suas necessidades com aquele que não pode desempenhar a função de marido. Repare no que aconteceu com o povo de Israel, quando a mão dos midianitas prevalecia sobre Israel por causa da desobediência, da rebelião do povo de Deus, eles procuravam para si a proteção nas suas próprias forças. Eles fizeram covas, cavernas e fortificações. A esposa, ao invés de buscar proteção em Deus, buscou proteção na força natural, humana.

Este é o retrato que vemos na sociedade hoje. Cada pessoa desenvolve uma maneira própria de se defender do inimigo. Uns buscam desesperadamente ganhar dinheiro, outros apostam todas suas fichas em muito conhecimento, outros usam de violência. Além disso, nossas emoções reagem com fortalezas mentais, desenvolvendo regras para tratar as pessoas, condições para amar os outros. É por este motivo que tantas pessoas estão mergulhadas em depressão e doenças. Esqueceram-se de buscar abrigo no Criador e querem se defender por si mesmas. Isto não é possível, isto os fará viver escravos a vida toda. Vivemos num mundo em que a confiança praticamente não existe. Ninguém confia em ninguém. Quando apresentamos Cristo, poucos o aceitam, pois as pessoas estão tão acostumadas a se decepcionar que não querem mais sair das suas covas, fortalezas e abrigos. A cova é o lugar onde nos escondemos. É um lugar onde não há luz, é uma proteção fraca que só nos trará problemas.

Números 23:19 Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?

Precisamos dar este crédito a Cristo. Deus nunca nos prometeu uma vida fácil, uma vida com muito dinheiro, Ele nunca nos prometeu que não mais sofreríamos problemas. O que Cristo nos prometeu e irá cumprir é uma única coisa: a cura interior do coração. Jesus certa vez disse: “No mundo tereis aflições”. Ele não nos promete que nos livrará das aflições, mas ele fará com que as aflições que nos acometem todos os dias não cheguem ao nosso coração. A aflição não te derrubará, você viverá imune ao mundo. Só há uma maneira de isto ocorrer que é entregar-se a Cristo e confiar Nele. Entregue sua vida para Jesus e deixe ele lidar com as situações da sua vida. Se você está sofrendo com qualquer problema, saiba que Deus está lhe pedindo que entregue seu problema a ele. Dê esta chance a Jesus, você verá que Ele não falha e não decepciona.

João 16:33  Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

No mundo tereis aflições


“Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (Jo 16. 33)

Jesus reuniu os seus discípulos e lhes dava as ultimas instruções antes de seu martírio e ressurreição e ascensão se volta para seu Pai (Jo 16), e como muita propriedade o Mestre falava de aflições, uma vez que já havia passado por vários dissabores durante todo o seu ministério terreno e sabia que ainda lhe aguardaria escárnio maior, a ponto de em suas últimas suplicas ao Pai assim se expressar, “Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo. E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.” (Mt 26. 38-39), Porem diante de toda a angústia e sofrimento nos deixo o exemplo de um vencedor quando ao terceiro dia o sepulcro de abriu e Cristo resurgiu dos mortos e quarenta dias após o martírio voltou para o seu Pai nos deixando a promessa de um outro consolador, a saber o Espírito Santo, para nos consolar e nos fortificar diante das aflições desta vida.
Falar de aflições e dissabores na vida do Cristão salvo em Cristo Jesus nestes dias é sempre muito complicado, pois além dos desconfortos naturais produzidos pelas aflições, temos ainda que combater com todas as forças as falsas teologias que pregam que o crente não podem padecer dissabores ou enfrentar lutas a partir do momento que este crente aceite a Cristo e lhe sirva como fidelidade. Mas entendemos que as aflições chegou na vida do homem como consequência dos seus pecados “ Não há registro de que tenha havido aflições com Adão e Eva antes da queda” (Vencendo as aflições da vida, pg. 10) e que embora o homem aceite a Cristo as consequências do seus pecado ele terá que assumir  e a Bíblia estar recheda de exemplos que comprova esta afirmação. Logo a o sofrimento é algo ligado à existência humana a partir da queda, e esta aflições pode ser desencadeadas por varias motivações, motivações internas ou dependentes da vontade e da prática do homes tais como: pecados, atitudes erradas e precipitadas, desobediências, prazeres mandamos. E motivações exteriores ou involuntárias tais como: provas de Deus, perdas de ente queridos, catástrofes naturais, perda materiais e etc., que atingem o ser humano independentemente da fé que professa e do favor com que este desenvolve a sua pratica religiosa.
Isto posto precisamos a cada dia saber e poder identificar dento deste processo de aflição luta e vitórias, como uma visão espiritual cristã as origens das nossas aflições, como também as suas consequências e assim poder tirar proveito e aprender aquilo que o Senhor Deus quer nos ensinar através das lutas que enfrentamos durante a nossa caminhada rumo às menções celestes e assim viver dentro de uma perspectiva positiva sabendo que as aflições desta vida não podem ser comparadas como as maravilhas celestiais que aguardamos no porvir. Fiquem todos na Paz do Senhor e um 3° trimestre abençoado como lições maravilhosas e aulas produtivas na nossa EBD. Amém!!!

Referências bibliográficas:

SILVA, Eliezer de Lira e. Vencendo as Aflições da Vida. Lições Bíblicas, 3º Trim. 2012. CPAD. Rio de Janeiro.  2012.
COELHO, Alexandre e DANIEL, Silas. Vencendo as Aflições da Vida. CPAD. Rio de Janeiro. 2012.
PEARLMAN, Myer; Tradução de OLSON, N. Laurence. Conhecendo as doutrinas da BíbliaEmprevan Editora. Rio de Janeiro. 1968.
COELHO, Alexandre. Subsídios para Vencendo as Aflições da Vida. Artigo publicado em Ensinador Cristão. Ano 13 – nº 51. CPAD. Rio de Janeiro. 2012.
RADMACHER, Earl D. O Novo Comentário Bíblico Novo Testamento. Editora Central Gospel Ltda. Rio de Janeiro. 2010.
RADMACHER, Earl D. O Novo Comentário Bíblico Antigo Testamento. Editora Central Gospel Ltda. Rio de Janeiro. 2010.
FONTE: http://ebdalunosemestres.blogspot.com.br
FONTE:   Vida Prática da Igreja 
Share on Google Plus

0 comentários: